Saiba aqui se você se encaixa nos requisitos para participar do FIES

Estudantes que não consigam pagar as mensalidades de forma integral poderão solicitar o FIES. Para que o pedido seja aprovado, é necessário atender algumas exigências feitas pelo programa. Conheça que requisitos são esses e peça o seu financiamento agora mesmo!

O FIES, ou Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, é um programa criado pelo Governo Federal que tem como principal objetivo oferecer financiamentos das mensalidades.

Esses financiamentos podem ser de forma integral ou parcial. Para concorrer e ser aprovado, é necessário atender algumas exigências feitas.

O programa é dividido em modalidades, cada uma diferente da outra, onde os juros podem ser totalmente zerados em alguns casos.

O FIES passou por uma reformulação que melhorou muito o programa, pois aumentou o acesso das pessoas de baixa renda ao Ensino Superior. Além desse acesso ampliado, o programa se tornou mais transparente aos estudantes.

Quais são os tipos de modalidades?

Atualmente existem apenas duas modalidades de financiamento no FIES. Acompanhe essas informações a seguir e entenda cada uma delas.

Primeira modalidade

Nesta primeira modalidade, as vagas ofertadas serão com juros zero para os estudantes que pertencerem a uma família com renda mensal de até três salários mínimos.

O pagamento das prestações é feito respeitando sempre o limite de renda de cada estudante. Nessa modalidade, os encargos são diminuídos consideravelmente.

Segunda modalidade

Esta modalidade é destinada aos estudantes que tenham uma renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.

Recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento, além dos bancos privados, financiam esta modalidade de financiamento.

Você pode solicitar o FIES? Descubra agora!

É inegável que o FIES possui um papel muito importante na vida de todos os estudantes que querem obter uma formação no Ensino Superior, mas que não têm condições de pagar as mensalidades em uma instituição privada.

O aluno, com esse programa, financia seus estudos e começa a pagar só depois de formado. Como todo programa de incentivo custeado pelo Governo, para você participar, é necessário preencher alguns requisitos obrigatórios.

Quer saber se você pode participar? Leia a seguir que requisitos são esse e veja se você pode se inscrever:

  • Um dos principais requisitos é o aluno ter participado do Enem 2019 ou de qualquer edição a partir de 2010;
  • Ter uma renda familiar mensal per capita de até 2 salário mínimos e meio.

Além de preencher esses requisitos, os alunos também devem ficar atentos ao resultado do Enem, pois é necessário ter feito uma pontuação de 450 pontos (no mínimo) e, em hipótese alguma, ter zerado na redação.

Mas, atenção: não basta preencher esses requisitos para ser aprovado. O MEC libera uma quantidade de vagas por semestre de acordo com o seu orçamento disponível.

Todas as vagas são disponibilizadas para instituições particulares. Algumas áreas receberam uma maior prioridade. São elas: Engenharia, Saúde e Formação de Professores.

Para que serve o aditamento?

Todos os alunos são obrigados a fazer o aditamento do FIES. Esse aditamento nada mais é do que a renovação do financiamento.

Essa renovação é obrigatória e serve para que o Governo atualize as informações do estudante. Quem não fizer esse processo infelizmente tem o financiamento cancelado.

Os dois tipos de aditamento são:

  • Aditamento simplificado: Nesse tipo de aditamento, os alunos não precisam fazer nenhum tipo de alteração cadastral e não possuem nenhum tipo de pendência financeira.
  • Aditamento não simplificado: Para esse tipo de aditamento, existem informações que devem ser atualizadas, assim como pendências financeiras que devem ser regularizadas.